quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Ano novo!

Oi gente!
 Hoje, o último dia do ano, será incrível!
 Desejo que o seu ano novo e 2015 seja um verdadeiro Best-Seller.
 Passaremos um ano todo juntos, espero aumentar a audiência do blog, da página no face...
 Minha lista de desejos vem logo abaixo!
 Veremos as suas!

Para quem não sabe, eu que fiz esta foto!
Realmente, que seja  um ano de muitas expectativas para vocês!
  Beijocas!
  Gigi <3

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Livros novos 2!

Oi!
 Falta um dia para o ano acabar, mas não é por isso que não posso comprar o último estoque de 2014!
 É né?
 Chegou Se Eu Ficar e A Escolhida (que é o segundo de O Doador de Memórias).
  É, eu já comecei a ler Se Eu Ficar, e é muito bom, mas esses dois foram do penúltimo estoque, o último   é o box de Crepúsculo,  estou super ansiosa para 2015!
  Prometo que eu volto amanhã para dar um feliz ano novo!
  Bejoss!
 Gigi <3 

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

O Doador de Memórias!

Oi pessoal!
 Como vão?
 Terminei hoje o doador de memorias, e tem um final muito diferente do filme!
 Não sei qual eu prefiro, mas o livro é incrível!
 É a história sobre um menino chamado Jonas, que podia "ver além" assim, vendo cores, pois o mundo era preto e branco, e ele foi escolhido para ser o recebedor de memórias, o doador de memórias, repassava as memórias do passado, de como o mundo era antes.
 O livro é inesperado, mas o filme, tem partes que seriam legais estando no livro.
 Nada mais falo a respeito, pois sou uma pessoa muito legal! kkkkk
 Beijos!

Gigi <3

Página no face!

Oi gente!
 Só para lembrar, entrem na nossa página do face!
 www.facebook.com.br/BlogBooksForever
Tchau!
Beijos!
Gigi <3

domingo, 28 de dezembro de 2014

A Rainha!

Concordo.
 Não bastou eu ter  lido o livro inteiro na hora que chegou! Ainda fui ler a rainha no mesmo dia!
 Conta a história da seleção da rainha Amberly!
 Conta como ela fora escolhida para ser rainha de Illéa!
 E eu admito, odiei menos o rei Clarkson!
 É acho, que o melhor conto até o momento, mas depende muito se a favorita for melhor!
Acho surpreendente!
 A rainha Amberly não era como América, ela não amava mais ninguém do que o próprio rei!
 Ela já o adorava desde que o via na tela das tevês!
  Muito lindo, um conto incrível contado por Amberly!
 Amei!

PS: (Me desculpem, não achei a capa toda!)

Gigi <3

O guarda!

 Não sei se deu para perceber, mas eu não gosto do Aspen, não gosto mesmo!
 Se você  gosta do Aspen, bom para você (parabéns mesmo, sem sarcasmo!) , mas gosto é gosto.
 Achei que não gostaria de ler o guarda, mas  até que eu acabei gostando.
 Conta pelo ponto de vista do Aspen, o que ele está sentindo no momento...
  É muito legal!
 Se fosse para escolher entre o príncipe e o guarda, escolheria a rainha!
 Será minha próxima postagem!
 Já já nos vemos!
 Um beijo e um queijo!

Gigi <3

O Príncipe!

Oi gente!
  Chegou meu livro dos contos da seleção ontem, e eu acabei por terminá-lo no mesmo dia.
  O conto do príncipe, conta (por ele) a mesma história de a seleção, mas, um pouco antes, coisas que América não viu, e pelo ponto de vista dele.
  Lembram que em  um dos livros o rei menciona Daphne, uma menina que era amiga de  Maxon antes de a seleção? Então, ele conta um momento com ela, fala mais dela.
  O  livro termina na parte (se eu não me engano)  que América tem seu passeio com Maxon por causa da aposta de que se May chorasse por causa da torta... E por aí vai.
  É muito legal, pois conta sobre o que ele sentia ou pensava, e não sobre América.
 Recomendo para todos!
 Um  beijão!


Gigi <3


sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Livros novos!

"DENOVAMENTE" como eu digo, de novo com novamente,  eu venho falar sobre livros novos!
 Se eu ficar
 O Doador de Memórias 
 Contos da Seleção
 A Escolhida

Foram os 4 livros que eu comprei, aliás, que meu amado pai, (brega falar assim, né? Então falo assim, que meu papai...) Me deu de presente de natal. Como compramos pela internet, fica difícil  chegar certinho na  hora!
  Apenas o doados de memórias chegou antes, os outros 3 ainda não chegaram!  :'(
  #Esperandoansiosamenteos3livroschegarem!
 Vejo vocês um outro dia, pois, hoje somente (como minha cidade é desesperantemente atrasada em tudo) chega a esperança- parte 1 no cinema daqui!    
 Então, eu e minhas amigas vamos hoje!
 Simples né?
  Bjkss
 Gigi <3

Natal!

Oi gente!
 Desculpe  eu não ter falado feliz natal para vocês no dia do natal!
 Estava em São Paulo e sem computador! 
 Então dou um beijo e um abraço em todos os leitores!
 Presentes? Estou curiosa para saber o que ganharam, ou saber  os nomes dos livros, né?
 Comentem se quiserem!
 Beijos para vocês!
  Gigi <3

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Música!

Oi gente!
 Hoje, falando de música, vai ser um assunto um pouco diferente, mas não vamos fugir dos livros!
 Em a Seleção, no livro dos contos (O Príncipe e o Guarda) (que eu comprei!), tem uma parte que a Kiera Cass fez a trilha sonora de a Seleção e de a Elite, ela selecionou algumas músicas (algumas não, ela escolheu uma para cada capítulo!) para os fans.
 A minha favorita das que ela selecionou, foi a primeira que eu ouvi, que minhas amigas me mostraram, que é Fances da Paramore.
 Vocês podem escutá-la aqui! >>>>> https://www.youtube.com/watch?v=FBpC5iIKcUU
 E a tradução é a cara do livro! Ela foi designada ao livro a Seleção, e é muito boa!
 Se  quiserem ver a tradução, podem ver aqui! >>>>>http://letras.mus.br/paramore/1009347/traducao.html 
 Espero que gostem da música, porque, fala sério, não custa nada olhar!
 Beijocas!
 Gigi <3

domingo, 21 de dezembro de 2014

A Escola do Bem e do Mal!

  Oi gente!
 A Escola do Bem e do Mal é incrível, a história é assim:
 De 4 em 4 anos são raptadas 2 crianças para serem levadas ás escolas do Bem e do Mal. Elas lá, na escola do Bem, aprenderiam como serem princesas e príncipes valentes e corajosos, até encontrarem o verdadeiro amor. Já na escola do ,Mal, ensinam como a serem bruxas e magos, criaturas horrendas e à fazerem feitiços contra os do Bem.
 Quem acha que a história começa lá, está muito enganado!
 Tinha uma princesa chamada Sophie e uma bruxa chamada Agatha, as duas eram amigas e foram para a Escola do Bem e do Mal, Sophie, por pura e boa vontade, Agatha, arrastada.
 Quando chegaram nas escolas, elas foram trocadas, a do Bem, caiu no Mal, e a do Mal, caiu no Bem.
 Depois desta confusão, Sophie ainda vai se apaixonar pelo filho do rei Arthur, Tedros, e Agatha, tenta tirar a amiga desta paixão, já que estão em escolas diferentes.
 Isso, até descobrirem que, Sophie beijar Tedros seria o jeito de voltar para casa, até isso você pensa, aí o livro acaba ai, NÃO! Tedros odeia ela neste momento, então, fica tudo complicado!
 Então, quando Tedros começa a gostar dela, ela não quer o beijo, ela quer ficar, mesmo se for na Escola do Mal, ela apenas quer ter seu príncipe! 
 Então, o que acharam? 
 Isto não é nem a missa metade do que acontece!
 Acreditem!
 Beijocas, e agora, como sou maléfica, vou deixar você morrendo de curiosidades!
 Lindos leitores, tchau!
Gigi <3


Atrasada!

Loverzinhos! 
 Me desculpe de novo por ficar sem postar!
 Agora estou lendo Escola do Bem e do Mal, e é muito.... Legal!
  Vou agora postar a resenha, espero que gostem!
 E para mais novidades, entrem na página do face do link aqui.
  >>>>> www.facebook.com.br/BlogBooksForever 
 Já volto!
 Kisses!
 Gigi <3

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Conto adicional de a seleção!

Meu papai do céu!
 Estava apenas mexendo na internet quando eu achei um conto adicional que América conta que está grávida!
 Chorando alegrias!
 Consegui reescrever e está aí!

Conto adicional de a seleção:

  MEIO ACORDADA, ESPANTEI UM COMICHÃO em meu ombro. Aconteceu novamente, e eu tentei fazer parar de novo. As cócegas retornaram, deslizando por minhas costas. Oh. Não era uma brisa aleatória ou outra pena que tinha escapado do meu travesseiro.
Aquilo eram beijos.
Com os olhos ainda fechados, sorri para mim mesma quando Maxon afastou uma mecha do meu cabelo a fim de encontrar um novo lugar para beijar. Acordar sentindo a respiração de Maxon em minha pele me lembrou de como nós acabamos presos a estes lençóis no começo.
Eu ri quando sua boca atingiu um ponto sensível no meu pescoço.
— Bom dia, querida — ele sussurrou.
— Bom dia.
— Eu estava pensando — ele começou, murmurando as palavras em meu rosto. — Já que é meu aniversário, você não acha que poderíamos passar o dia inteiro na cama?
Eu sorri e forcei meus olhos sonolentos a ficarem abertos.
— E quem vai governar o país?
— Ninguém. Deixe-o cair aos pedaços. Desde que eu tenha minha America em meus braços.
Seu cabelo era uma bagunça perfeita, e ele estava tão quente que até a última partícula do meu corpo não queria nada além do que ficar aqui com ele. Era completamente fascinante para mim o jeito como nosso amor cresceu. Eu pensei que tinha encontrado um jeito de lhe dar tudo o que eu tinha, mas a cada novo aprendizado, escutar uma nova história, passar por uma experiência nova, meu coração só se enchia.
— Mas e a festa? Passamos semanas planejando! — eu reclamei.
Ele apoiou a cabeça em sua mão.
— Hmm. Ok, vamos dar uma pausa de dez minutos para conferir a festa e voltar logo. — Ele passou os braços em volta de mim, e eu ri quando ele me cobriu de beijos.
Estávamos tão distraídos que nem ouvimos o mordomo abrir a porta.
— Vossa Majestade, temos uma ligação de...
Antes que ele pudesse terminar, Maxon jogou um travesseiro nele, e o mordomo recuou para o corredor, fechando a porta atrás de si. Houve uma pausa antes de ele soltar um “Desculpe, senhor”, com a voz abafada.
Eu tinha me acostumado com a falta de privacidade, uma vez que vivia no palácio. E, em meio a tantos momentos embaraçosos, este foi um dos melhores. Cobri minha boca, tentando conter o riso, e quando Maxon viu meu sorriso, ele sorriu também.
— Bem, acho que isso responde a minha pergunta.
Sentei-me para beijar seu rosto e imediatamente senti uma onda de tontura.
— Oh!
— Você está bem?
— Mmhm — eu murmurei, cobrindo minha boca. — Levantei rápido demais.
Ele passou a mão nas minhas costas, e eu me inclinei para ele.
— Que horas a festa começa?
— Às seis. Todo mundo está vindo, até a minha mãe.
— Oh, então será realmente uma festa.
Dei-lhe um tapa no braço.
— Você nunca vai esquecer isso? Foi só uma vez.
— Ela dançou na fonte na véspera do Ano Novo, America — ele disse, com uma diversão infantil nos olhos — Foi incrível, e nunca vou esquecer.
Eu suspirei.
— De qualquer forma, não se atrase. Eu vou me vestir. Vejo você no café da manhã.
— Tudo bem.
Puxo o lençol da cama, envolvendo-o em torno de mim.
Ele se deita e fica me olhando ir.
— De todos seus vestidos, este é o meu favorito.
Mordi o lábio enquanto dava uma última olhada nele antes de abrir a porta que dava para a minha suíte. Não havia maneira nenhuma de ter o suficiente dele para mim.
Mary estava esperando por mim, é claro. Ela estava acostumada a me ver voltando do quarto de Maxon ou a observá-lo por trás da porta, mas toda vez que ela me pegava, ela sorria.
— Bom dia, Vossa Majestade — ela me cumprimentou com uma reverência — Teve uma boa noite?
— Tire esse sorriso do rosto! — eu a provoquei, jogando o lençol nela e correndo para o banheiro.


Eu estava preocupada com o corte do meu vestido, mas ele se encaixava de uma forma espetacular. Cabeças se viraram quando entrei para a festa, e tentei aceitar a atenção graciosamente. Mesmo depois de dois anos de casamento, sendo o centro das atenções, eu ainda estava tentando me acostumar totalmente.
May correu para meu lado.
— Você está radiante, Ames!
— Obrigada. Digo o mesmo de você!
Eu toquei um de seus cachos perfeitamente penteados e fiquei maravilhada com o quão bem que minha irmã havia se ajustado à vida real. Não que eu tivesse ficado surpresa. Ela sempre foi encantadora e maravilhosa, e quase que instantaneamente após ela se mudar para Angeles, May tornou-se a queridinha da mídia. Enquanto muitas fotos minhas seriam impressas amanhã, haveria o dobro das de May.
— Você está se sentindo bem? — ela perguntou.
— Só um pouco distraída. Vá se divertir. Preciso ter certeza de que tudo está funcionando perfeitamente.
— Me divertir? Estou dentro — ela saiu correndo, acenando para as pessoas que eu tinha certeza que ela nem conhecia, toda contente.
A festa estava em pleno andamento até agora, e parecia que os convidados estavam se divertindo. A decoração era simples, a iluminação, adorável, e os músicos faziam um excelente trabalho. Eu esperava que o Maxon ficasse satisfeito.
Caminhei pelo salão, provando alguns canapés no caminho. Nenhum dos alimentos parecia extremamente atraente, no entanto. Os favoritos de Maxon, não eram exatamente os meus, eu só tinha que esperar que todo mundo estivesse gostando do cardápio.
Estiquei-me na ponta dos pés, examinando o salão. Se Maxon tivesse me escutado, ele deveria estar por aqui agora. Eu não o encontrei, mas vi Marlee. Ela correu assim que me viu, deixando Carter conversando com alguns dos guardas.
— A festa está incrível, America — ela emocionou-se, beijando minha bochecha.
— Obrigada. Estou tentando achar Maxon. Você o viu?
Ela virou-se para mim.
— Eu o vi entrar, mas não tenho ideia de onde ele possa estar agora.
— Hmm. Terei que ir atrás dele. Como está Kile?
Ela sorriu animadamente.
— Ele está bem. Estou tentando me acostumar a deixar a babá colocá-lo para dormir.
Kile tinha pouco mais de um ano de idade, e Marlee simplesmente o adorava – assim como eu. Ele era o único homem que estava regularmente no Salão das Mulheres sem pedir permissão.
— Tenho certeza de que ele está bem, Marlee. E vai ser bom para você passar um tempo sozinha com Carter.
Ela assentiu com a cabeça.
— Você está certa. Nós dois estamos nos divertindo muito. Mas espere para ver. É difícil deixá-lo, mesmo que por pouco tempo.
Eu sorri.
— Posso imaginar. Vá, e desfrute da comida. Vejo você mais tarde.
— Tudo bem — ela me deu outro beijo e foi até Carter.
Rodei pelo salão, procurando o meu marido. Quando finalmente o vi, meu coração se iluminou. Não simplesmente porque eu estava feliz em encontrá-lo, mas porque ele estava falando com Aspen.
Aspen tinha se livrado das muletas, mas havia momentos em que ele ainda mancava, especialmente se ficava cansado. Nós todos considerávamos um milagre ele ter se curado tão bem, mas se alguém podia se recuperar por pura determinação, esse alguém era Aspen.
Eles pareciam estar em uma conversa profunda, e eu me aproximei, chegando por trás deles.
— O primeiro ano foi difícil? Muitas pessoas dizem que é, mas vocês dois parecem ter tirado de letra — disse Aspen.
Ele e Lucy tinham planejado se casar não muito tempo depois de Maxon e eu, mas quando seu pai ficou doente, foi tudo colocado em espera. Ele finalmente se recuperou, mas mesmo depois disso, Aspen demorou mais do que precisava para dar o passo. Eu suspeitava que ele estivesse com medo de que Lucy mudasse de ideia, e eu me sentia culpada por isso. Eles eram tão perfeitos um para o outro, ele nunca precisou ter dúvidas. E quando eles finalmente iam juntar os trapos, eu estava tão feliz quanto no dia do meu próprio casamento.
Maxon suspirou.
— É difícil dizer. Não acho que o casamento foi a parte difícil, e sim os deveres. Foi muita coisa pedir para ela assumir o papel de rainha, quando mal se acostumou com a ideia de ser princesa.
— Vocês brigam?
— Você está brincando? Nós somos os melhores nisso — ele e Aspen compartilharam uma risada.
Eu queria estar ofendida, mas era verdade, nós éramos bons em discutir. Ainda assim, tínhamos melhorado muito nisso.
— Eu não sei por que sinto que isso seja um negócio tão grande — Aspen disse, seu riso desaparecer. — Nós queremos casar faz tanto tempo. Porque parece tão assustador agora que nós estamos casados?
— É o titulo — Maxon tomou um gole de champanhe. — É assustador ser um marido. Parece que não há mais nada a perder. Eu me preocupo mais com esse título, do que com ser chamado de rei, facilmente.
— Mesmo?
— Mesmo.
Aspen estava quieto, considerando.
— Escute — Maxon começou. — Eu não estou chutando você, ou algo do tipo. Você sempre será bem-vindo aqui. Mas talvez você e Lucy precisem do seu próprio espaço.
— O quê? Tipo uma casa?
— Olhe ao seu redor. Leve Lucy com você e veja se encontram um lugar que gostem, que sintam como um lugar em que possam trabalhar em conjunto. Formar uma vida juntos pode ser mais fácil se tiverem algo que é realmente de vocês.
— Marlee e Carter estão muito bem aqui.
— Eles são um casal diferente.
Aspen olhou para baixo, e eu podia ver que ele sentia como se tivesse falhado.
Maxon deu uma batidinha em suas costas.
— Eu não confio em muitas pessoas do jeito que confio em você. Você já fez muito por mim e pela America. Basta olhar. Veja se há algo lá fora que vocês dois realmente amem, e se houver, considere como um presente nosso.
— É seu aniversário. Você deveria ser o único a receber presentes — Aspen protestou, mas havia um sorriso no rosto o tempo todo.
— Eu tenho tudo o que quero. Um país em ascensão, um casamento feliz, e bons amigos. Saúde!
Aspen ergueu a taça com um sorriso, e eles beberam. Pisquei, e lágrimas felizes escaparam quando toquei Maxon no ombro.
Ele se virou e abriu um sorriso arrasador.
— Aí esta você, minha querida.
— Feliz aniversário.
— Obrigado. Esta é realmente a melhor festa que já tive.
— Você fez tudo muito bem, Meri — Aspen acrescentou.
— Obrigada a ambos — virei-me para Maxon — Preciso te roubar um pouco.
— Claro. Nós conversamos mais depois — Maxon prometeu a Aspen, e me seguiu pelo salão.
— Aqui — eu o instruí, puxando seus braços.
— Perfeito — ele disse enquanto caminhávamos para o jardim. — Um descanso para a loucura.
Eu ri, colocando minha cabeça em seu ombro. Sem precisar pedir, ele nos levou para o nosso banco e nós sentamos. Ele encarou a floresta e eu observei o palácio.
— Champanhe? — ele ofereceu, aproximando a taça.
— Não, obrigada.
Ele tomou um gole e suspirou satisfeito.
— Esta foi uma escolha maravilhosa. Sério, America, este foi o melhor aniversário que eu poderia ter tido. Bem, o segundo melhor. Eu ainda teria gostado da opção que te dei esta manhã.
Eu sorri.
— Talvez ano que vem.
— Eu vou aguardar por isto.
Eu respirei profundamente
— Olha, eu sei que temos uma noite inteira pela frente, mas eu queria te dar seu presente de aniversário.
— Oh, minha querida, você não precisa me dar nada. Cada dia com você é um presente — ele se inclinou e me beijou.
— Bem, eu não tinha planejado te dar esse presente, mas então ele se apresentou e bem aqui estamos.
— Tudo bem, então — disse ele, colocando a taça no chão. — Estou pronto. Cadê ele?
— Esse é o único problema — comecei. Senti minhas mãos começarem a tremer. — Não vai chegar até uns sete ou oito meses.
Ele sorriu, mas olhou de soslaio.
— Oito meses? O que no mundo poderia demorar...
Suas palavras o deixaram assim como seus olhos, deixando meu rosto e fazendo o caminho para minha barriga. Ele parecia esperar que estivesse diferente, já grande como uma casa. Mas eu tinha feito o meu melhor para esconder tudo: o cansaço, a náusea, a aversão repentina a algumas comidas.
Ele me olhou mais e mais, e eu esperava que ele sorrisse ou pulasse para cima e para baixo. Mas ele ficou lá, congelado até o ponto em que começou a me assustar.
— Maxon? — estendi minha mão e toquei sua perna. — Maxon, está tudo bem?
Ele balançou a cabeça, ainda olhando para minha barriga. Seus olhos se encheram de lágrimas enquanto ele falava:
— Não é notável? De repente eu te amo cem vezes mais. E eu achava que não era possível amar uma pessoa que nem conhecia — ele finalmente olhou para mim. — Vamos mesmo ter um bebê?
— Sim — eu sussurrei, respirando fundo também.
Seus olhos se iluminaram.
— É menino ou menina?
— É muito cedo para dizer — eu respondi entre lágrimas de felicidade. — Não há muito que o médico possa dizer, exceto que há alguém aqui.
Maxon colocou suavemente a mão em minha barriga.
— Vamos encurtar os seus dias de trabalho, é claro, ou podemos cortá-los completamente se for preciso. E podemos ter mais empregados à disposição.
— Não seja bobo. Mary e Paige são o suficiente. Além disso, você sabe que minha mãe vai querer estar aqui, e Marlee e May também estarão presentes. Eu vou ter muitas pessoas cuidando de mim.
— Assim como deve ser.
Eu joguei minha cabeça para trás e ri, mas quando olhei para ele novamente, vi sua expressão mudar.
— E se eu for como ele, America? E se eu for um péssimo pai?
— Maxon Schreave, isso é impossível. Se tem uma coisa que você será é generoso. Teremos que contratar uma babá rigorosa para amenizar isso.
Ele sorriu.
— Sem babás rigorosas. Apenas babás felizes.
— Se você diz, meu Majestoso marido.
Maxon limpou a garganta e enxugou as lágrimas.
— Estou assumindo que este é um segredo nosso?
— Por enquanto.
Ele abriu um grande sorriso.
— Assim, agora eu definitivamente sinto que temos que comemorar.
Ele me pegou e me levou apressadamente para dentro, enquanto eu não conseguia parar de rir. Olhei para sua expressão, tão esperançosa e animada, e eu sabia que estávamos apenas começando a melhor parte de nossas vidas.




Lindo né?!?!? 
Gigi <3

sábado, 13 de dezembro de 2014

Maratona 7


  Senhor dos anéis!
  Edição especial!


Gigi <3

Maratona 6


 De Divergente tinha que ter!
 Divergente!
 Edição especial! (de colecionador)

Gigi <3


Maratona 5

Esse a minha outra amiga tem, a Barbara!
 A menina que roubava livros!

 Edição especial!

Gigi <3

Maratona 4

Esse, a minha amiga Maria Eduarda, do blog Always Books tem.
 Instrumentos mortais!
 Edição especial!

Lindo né?
Gigi <3

Maratona 3


Acho até que já postei esta foto, mas como me impressionou muito,  e é muito lindo,  posto de novo.
 Harry Potter!
 Edição especial!

Gigi <3
 

Maratona 2

 Jogos Vorazes !
 Edição especial!

Gigi <3

Maratona 1

 A Culpa é das Estrelas!
Edição especial!
  
Gigi <3

Maratona de livros!

Oi gente!
  O que vocês acham de uma maratona de livros? É assim, vou postar post por post fotos de coleções ou até livros avulsos, edições especiais, etc.
 Topam?
 Gigi <3

Livros não se esquecem!

Olá! Bom dia!
Concordam com isso ? 
IIIIIIIII
VVVVV


Beijihos! Mais tarde eu volto!
Gigi <3

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Face...

Oii! De novo!
 Só uma passadinha para relembrar a página do face!
 www.facebbok.com.br/BlogBooksForever
Bye leitores!
 Gigi <3

Suzanne querida...

Meu Dededdeus, meu Dededeuss!
 Se for verdade eu vou ... Chorei! Oh Good  pelo amor    teu pelo povo, diz que é verdade!

Tomem recalcados que dizem que iria acabar no terceiro!
 Gigi <3

Trailer de insurgente!

   Hoje não vou começar com meu "olá" pois tem novidade muito boa!
   Tem agora, hoje sendo lançado, o trailer de insurgente! O que?!?!?!? Não viu ainda? Então veja agora aqui! >>>> https://www.youtube.com/watch?v=suZcGoRLXkU 
 Beijinhos amorosos e cheios de sem facções!


Gigi <3

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

"Rearrumando" a lista de natal!

Olá!!!
 Bem, lembram daquela lista que eu tinha feito de natal? bem, pois é! Acabei por ganhar dois que estavam na lista, então, ficaram 26 livros, mas pensando, acabei por colocar mais três, então agora são 29 livros, não 28 mais, nem 26, mais 29.
 E agora? O que fazer? Esperar meu caro amigo, esperar...
 Gente deem uma passadinha lá no face, viu?
  www.facebook.com.br/BlogBooksForever
 Tchau pessoal, beijos!
 Gigi <3

domingo, 7 de dezembro de 2014

Novidades!

OI OI OI!
 Tudo bem?
 Hoje passei o dia numa chácara com  minhas amigas fazendo churrasco, livro secreto, e quem saiu comigo??
 A Dudinha! E eu saí com ela! (coincidência não?)
 A queridinha me deu um sonho, O  DIÁRIO DA SELEÇÃO!!
 Depois vou postar o vídeo que gravamos enquanto fazíamos o amigo secreto!
O diário da seleção, provavelmente, vou trazer novos posts com a atividade do livro, pois é uma por dia, assim, dura um ano certinho!
 Depois posto o vídeo, as fotos, e as fotos do diário !
 Beijinhos e queijinhos com goiabada e marshmellow!
 Gigi <3

Legend!

Olá!!
  Me desculpem ter ficado sem postar, mas estou de volta!
  Comprei Legend e  já estou lendo, conta a história dum assassino chamado Day, e de uma garota prodígio chamada June. É uma história  muito legal, e estou adorando! Na hora que você  acha que é o fim, sempre surge uma ideia maluca que favorece tanto ele quanto ela. Agora, nem acabei de ler  e já quero Prodigy!
  Vocês amantes de  distopias ou não, irão amar esse livro com todas as letras! A-M-A-R.
   Recomendo à todos! Criativa e instigante, você se prende e não solta!


Gigi <3

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Livros e filmes!

Olá!
 Assisti o filme "Se Eu Ficar" e achei lindo! 
 Mas maldição! Agora quem vai querer ler o livro? Sim, eu.
 Acabei de comprar Legend e chega  hoje ou amanha, sei que vou ler em dois dias, sei também que depois vou querer Prodigy e Champion, mas junto com esses quero pedir Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi.
  É uma história linda, e Legend, outra distopia, quem acha que minha lista nunca vai acabar? _-- (º.º)--_  Euuu!
  Lembrando gente, vão lá na página do face!
 Tchau! Beijocas!
 Gigi <3

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Gente!

Olá!
 Genteeee...
Deem uma curtidinha la na página do face, cliquem no +1 aqui no blog e deem uma curtida la no face, porfavor!
 Valeu pessoal!
  Obrigadinha gente!
 Depois abro canal no youtube!
 Beijocas! 
 Gigi <3

                 

O Teorema de Katherine!

Olá!
 Acabei de acabar O Teorema de Katherine, e é muito bom!
 Mas uma obra prima de John Green!
 Ele não é de chorar como os outros livros, mas é incrível!
 Conta a história de Colin, um menino prodígio que já teve dezenove namoradas, todas chamadas Katherine.
 Ele tenta superar o rompimento, caindo na estrada com seu melhor amigo Hassan, e conhecem Lindsey, que acaba por se tornar bem amiga dele.
 É uma história que começa achando que vai focar apenas em um ponto, mas que acaba por se tornar outro, totalmente diferente.
 John Green, como sempre, um gênio da literatura que eu respeito muito, se supera, ele é muito bom com palavras e filosofias, todos os livros, com um sentido diferente, escondido nas linhas, vale à pena ler!
 Gigi <3

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Mundos Literários!

Olá!


 Também?
 Gigi <3

Página no Facebook

Olá!
 Hoje, agora na verdade, criei uma página no Facebook para ajudar a divulgar o blog, o link é esse:
https://www.facebook.com/BlogBooksForever 
 Acessem e falem para os amigos, inimigos, familiares, até para seus cachorros!
 Digam se  gostaram ou não, curtam lá!
 Da que alguns dias, abrirei um canal no youtube e vou tentar postar um vídeo por semana, alguns assuntos sobre novidades, livros novos, tags, até spoliers!
 Falarei sobre várias coisas, até filmes que são adaptações destes livros, contar histórias, as dos livros claro! Etc...
 Deem uma curtidinha lá!
 Gigi <3

domingo, 30 de novembro de 2014

1.000 Visualizações!

Oi oi gente! (imitando Kéfera!)
 Muito obrigada pelas 1.000 visualizações!
 Criei este blog dia 2/11 e hoje, dia 30/11, 1.000 pessoas viram meu blog!
 Muito feliz por causa desse tanto de gente me apoiando e gostando do meu blog!
 Eu quero agradecer à todos que me viram, leram, deram um +1 no google +, e à minha família e amigos pela ajuda, pela divulgação, etc.
 Amo todos vocês, e não dá nem para explicar o que estou sentindo agora. Muito obrigada mesmo!
 Gigi <3

Sonho ou realidade?

Olá!
 No mesmo nome do título, vocês acham isso um sonho ou uma realidade?

Queriam morar aí ou não?
Gigi <3

Booksniffers!

Olá!
 Alguém booksniffer on-line?
 Para quem não sabe, não sei se fui  eu que inventei, mas são pessoas que amam o cheiro de livros, não podem ver livros novos, não basta lê-los, tem de cheirá-los.
 Eu sou uma total booksniffer, amo cheiro de livros, e sei que não sou a única!

Gigi  <3

Postagens populares